Um rápido pensamento sobre Cinema

Não devemos nos preocupar em “fazer arte” ao realizar um filme. Devemos focalizar naquilo que considero ser o mais importante: contar uma história. Para contar a história que pretendemos, devemos utilizar todos os recursos disponíveis previstos em orçamento, desde atores até trucagens digitais. O cenário deve ser apropriado, o encadeamento da trama – em confluência com a performance dos atores – ser bem distribuído, o som contribuirá para as informações da cena, a fotografia deve estar a serviço da história e não o contrário. Se estes recursos, e muitos outros, forem utilizados apropriadamente, somados à sensibilidade do realizador e suas opções estéticas, torna-se possível que o resultado final seja chamado de “arte”.

 *****

 Alguém, provocador, poderia enfim dizer: “Tudo bem. Mas, na realidade, o que é arte?” E eu, fatigado, apenas suspiraria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s