I hate trash! Incivility, much more?

Blogueiro Convidado: Denis Vinícius Melo

Contato: ddtaxe@gmail.com

Uma coisa me irrita e creio que várias outras pessoas. A falta de educação. Tem várias formas de ser mal-educado, e umas das que acho o fim é JOGAR LIXO FORA DO LIXO! Jogar na rua. É uma atitude tão simples guardar o papel de uma bala, uma sacola plástica, ou qualquer outra coisa caso não se veja um lata de lixo próximo, mas ainda assim muitas pessoas, muitas mesmo, jogom lixo ao ar livre.

Será que sou radical? Eu brigo mesmo. Reclamo, às vezes chego até a pessoa e falo: “Você deixou cair isso aqui.”

Lixo é no lixo e ponto. Uma simples embalagem plástica leva até dezenas de anos até ser decomposta na natureza. O impacto é absurdo. Além de ser um grande veículo proliferador de doenças, é visualmente feio e incômodo. Enfim, um desbalanço no meio-ambiente.

O problema é que apesar dos erros, muitas pessoas acham que estão certas. Que não tem problema fazer isso. Algo que passa tão despercebido a ponto de provocar discussão contrária. Quando adultos, é difícil modificar as cabeças de pessoas. É algo que tem que se aprender bem cedo. Você acha que isso acontece só aqui? Não! Quando passei pela Europa vi pessoas fazendo o mesmo. E eram pessoas bem-vestidas e tudo. A aparência não diz nada…

Resolvi falar sobre isso, pois além de me incomodar muito, uma mudança eficaz nisso iria mudar muitas coisas onde vivemos. Eu poderia escrever muito mais, mas a foto que tirei andando pela cidade já traduz minha insatisfação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: